Hoje:

CETICISMO

CONTACTO              

 

Página escrita por
Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

O leitor está certamente familiarizado com a palavra "cético", empregada quando dizemos, por exemplo, "Estou cético a respeito desse projeto!". O significado, neste caso, é de que duvidamos de que um certo projeto obtenha êxito, e nosso ceticismo pode se justificar ou não, confirmar-se ou ser contrariado conforme o tal projeto alcance ou não sua finalidade. Mas, em filosofia, o significado não é este. Ceticismo, como corrente filosófica, reúne aqueles que pensam que não podemos conhecer a verdade cobre coisa alguma. Consiste na negação da possibilidade de se alcançar a verdade.

Porém, os céticos não poderiam estabelecer uma posição filosófica sem que tivessem certeza de alguma coisa, e então, aquilo que sabem, e de que têm certeza, é que nada mais podemos saber senão que a verdade sobre as coisas e o universo está inteiramente fora do alcance do intelecto humano. O conhecimento da verdade, na opinião dos céticos, é impossível, ressalvada essa afirmação em que se fundamenta sua filosofia, de que nenhuma verdade pode ser conhecida. Esta é, para eles, a única verdade possível.

Portanto, no seu significado estritamente filosófico, o termo ceticismo é tomado em sentido geral, universal.

Quando o indivíduo é cético em relação a uma coisa em particular, sua dúvida pode ser também uma questão filosófica, mas existem outros termos para esses casos. Cito, por exemplo, o agnosticismo, que nega somente a possibilidade da metafísica e da teologia natural. Os positivistas são agnósticos, porque alegam que não podemos conhecer nada além das leis pelas quais os fenômenos estão relacionados uns aos outros. Outro exemplo que posso dar: o ateísmo. Também o ateísmo é um caso particular, pois o ateu convicto nega apenas o fato da existência de Deus. Não nega a nossa capacidade para saber se Ele existe ou não, e tem como verdade a sua inexistência.

O ceticismo é, então, uma negação sistemática da capacidade do intelecto humano de conhecer, qualquer coisa que seja, com certeza e veracidade absolutas.

Rubem Queiroz Cobra

R.Q.Cobra
Doutor em Geologia
e bacharel em Filosofia.
23-02-2011

Direitos reservados.
Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. - Ceticismo. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 2011.

Utilize a barra de rolagem desta janela de texto para ver as NOVIDADES DO SITE
Obrigado por visitar COBRA PAGES