Higiene: Percevejos

Hoje:

Página escrita por Rubem Queiroz Cobra
Site original: www.cobra.pages.nom.br

Os percevejos são insetos sugadores de sangue, têm forma arredondada, com uma carapaça córnea, e pernas e garras articuladas. Em outras épocas, foram uma grande praga na Europa. No Brasil, mesmo hoje, podem ocorrer em hotéis pouco higiênicos ou de alta rotatividade, ou em dormitórios de internatos. Viajando nas malas e nas roupas das pessoas, passam delas aos assentos dos coletivos e são daí levados por outros indivíduos para contaminar suas residências.

Os percevejos depositam ovos brancos de 1 milímetro, em lugares protegidos, perto da cama de sua vítima, ou os deixam colados em gretas e cantos da própria cama Os ovos eclodem em uma ou duas semanas, dependendo da temperatura. Os adultos são de 3 a 5 mm de comprimento e pouco menos que isto de largura. O corpo é achatado para facilmente se esconderem em frestas, tem cor marrom acinzentada ou, após sugarem sangue, marron-avermelhada.

Nos ambientes onde o forro é de madeira ou de treliça, os percevejos podem morar no teto e descer à noite para as camas. Porém é mais comum que fiquem nas frestas e nos engates das laterais da cama, na prega das costuras do colchão, móveis de cabeceira,atrás de quadros, painéis de madeira, portas e janelas, nos quartos e em salas próximas a quartos de dormir da casa, etc. Ficam escondidos durante o dia e à noite saem a procura de um hospedeiro. Porque costumam subir pelos pés da cama, picam principalmente na perna da pessoa que dorme, junto ao tornozelo, ou na região de pescoço.

Os percevejos têm uma mordida praticamente indolor, mas capaz de deixar um sinal na pele e mesmo causar inflamação por vários dias. Apesar de sugar o sangue da vítima, não se detectou doença da qual o percevejo seja o transmissor. Percevejos podem causar distúrbios do sistema nervoso em pessoas sensíveis e a inflamação de suas mordidas afetarem a saúde de crianças e adultos.

Para eliminá-los é suficiente tratar as áreas infestadas com inseticidas líquidos ou em pó vendidos para esse fim. Aplica-se um leve borrifo de inseticida nas costuras e dobras do colchão e espera-se por quatro horas para o spray secar, antes de cobrir o colchão com o lençol. Ventilar a sala durante a pulverização e a secagem.

Para evitar criar esconderijos para os insetos, deve-se calafetar ou reparar todas as rachaduras e os espaços por trás de rodapés e outras áreas da casa. Uma infestação pode persistir por muito tempo em uma casa fechada porque as fêmeas chegam a viver quase um ano sem comida.

Rubem Queiroz Cobra

Página lançada em 04-02-2011.

Direitos reservados.
Para citar este texto: Cobra, Rubem Q. – Higiene: percevejos. Site www.cobra.pages.nom.br, INTERNET, Brasília, 2011.